PTSD

Aproximadamente 60% de pessoas nos Estados Unidos experimentam pelo menos um trauma grave em sua vida, dos quais aproximadamente 9% atendem aos critérios diagnósticos completos para PTSD. A prevalência varia de acordo com a exposição traumática da população, mas é estimada em 12% de pacientes na atenção primária. O TEPT geralmente não é diagnosticado e nem tratado, particularmente na atenção primária para adultos, onde os pacientes freqüentemente apresentam outras queixas principais e o TEPT não é considerado no diagnóstico diferencial. A natureza debilitante do PTSD, juntamente com as comorbidades físicas, psicológicas e sociais significativas e os custos de cuidados de saúde relacionados, demonstram a necessidade de uma melhor identificação e intervenção apropriada por parte dos prestadores de cuidados primários.

Diretrizes para diagnóstico e tratamento

Materiais para Membros

Ferramentas de triagem